Notícias de Última Hora

IDENTIFICAÇÃO DE ESBL POR MÉTODO DE DISCO DE APROXIMAÇÃO


As bactérias produtoras de β-lactamase de espectro estendido (ESBL), são resistentes aos antimicrobianos que tem o anel β-lactâmico em sua estrutura química. A β-lactamase é uma enzima capaz de hidrolisar o anel β-lactâmico  das penicilinas, das cefalosporinas de 1ª e 4ª geração e dos monobactâmicos. 

Nos testes de rotina, o laboratório faz a triagem por método de disco-difusão fazendo a leitura do diâmetro dos halos através dos pontos de corte do CLSI obtidos no Teste de Sensibilidade a Antimicrobianos (TSA). O teste confirmatório pode ser realizado utilizando o Método de Disco de Aproximação (veja a imagem abaixo), onde é utilizado um disco de amoxicilina associado ao ácido clavulânico situado no centro da placa, e discos de β-lactâmicos como a ceftazidima, cefotaxima, ceftriaxona e aztreonam, localizados em torno do disco de amoxicilina a uma distância de  20 a 25 mm um do outro. 

Leitura
O aumento do diâmetro do halo de inibição ou o aparecimento de halo fantasma ou ainda distorção do halo ao redor do disco β-lactâmico, indica a presença de uma cepa produtora de ESBL. O ácido clavulânico inibe as enzimas β-lactamases permitindo assim a ação do antimicrobiano testado. 









Referências/fonte
Imagem do cabeçalho by saudebusiness

Nenhum comentário