REPRODUÇÃO HUMANA ASSISTIDA E SUA IMPORTÂNCIA

Por Unknown - abril 12, 2015



As técnicas de reprodução humana in vitro são ferramentas que buscam a perpetuação do ser, auxilia aos casais que tem complicações em reproduzir na infertilidade e a dificuldade de gestação e ter o privilégio de um filho consanguíneo, assim, essas técnicas buscam procurar resolver os problemas que causam o sofrimento psíquico dos pacientes.

Procriar e constituir família são aspectos altamente valorizados na sociedade brasileira. Esse desejo de filhos, de família, de reprodução, de continuidade, entre outros significados simbólicos colados à procriação de seres humanos, é aquilo que vem legitimando em última instância, a proposição de uma série de inovações biotecnológicas surgidas de forma contínua no campo da medicina reprodutiva.

Existe quatro técnicas usadas para auxiliar a reprodução em humanos são as de baixa complexidade - (IIU/Inseminação intrauterina) e (Coito Programando), e as de alta complexidade - (FIV/Fertilização in vitro) e (ICSI/Ineção Intracitoplasmática de espermatozoides. Resumidamente, as técnicas de baixa complexidade são aquelas que a fecundação acontece na trompa uterina, ou seja, somente há a indução ou a programação para que os gametas tanto masculino, tanto feminino se encontrem e fecundem. As de alta complexidade são aquelas que a fecundação não acontece na trompa uterina, ou seja, acontece in vitro, em laboratório, onde depois da fecundação, o embrião é transferido para o útero da mulher. 

Para concluir, todos esses métodos viabilizam a gestação de casais com dificuldade de gerar um filho, trazendo uma maior estabilidade no relacionamento e interrompe com aquela inconformidade de não gerar uma criança. 







Referência/fonte

Imagem: http://blog.comshalom.org/carmadelio/wp-content/uploads/sites/2/2013/12/reproducao-assistida-fecundacao-ovulo-size-598.jpg

  • Compartilhe:

VEJA TAMBÉM

0 comentários