Notícias de Última Hora

CÉLULAS PRÓPRIAS DO TECIDO CONJUNTIVO

As células próprias do tecido conjuntivo são os fibroblastos, plasmócitos, macrófagos, os mastócitos. Seja a seguir detalhadamente sua origem, morfologia, função e os locais onde atuam.
MACRÓFAGOS

Fonte: http://www.icb.usp.br/mol/4-19macrofago3.html


ORIGEM
Derivam de células percussoras da medula óssea que se dividem produzindo monócitos. Quando essa célula penetra no tecido conjuntivo, por meio de capilares ou vênulas elas amadurecem – aumento dá célula e de síntese proteica e bem como o aumento do aparelho de golgi, de lisossomos e microtúbulos e microfilamentos – adquirindo características de macrófagos.

MORFOLOGIA
Possuem características morfológicas muito variável dependendo do estado funcional do tecido que habita. Mede de 10 a 30 micrometros, núcleo oval ou em forma de rim. Possuem Aparelho de Golgi bem desenvolvido, muitos lisossomos e Retículo endoplasmático proeminente.

FUNÇÃO
Produção de citocinas (proteína do sistema imunológico responsável por combater agentes invasores no organismo); de fatores quimiotáticos, (moléculas que participam de processo de migração de células a um gradiente químico); e de várias outras moléculas que participa do processo de inflamação e/ou processo de defesa do organismo.

LOCAIS DO CORPO ONDE ATUAM
Célula precursora (monócitos) – é encontrada no sangue. 

Célula madura (macrófagos) – é encontrado no Tecido Conjuntivo, Órgãos Linfóides, Pulmão e Medula óssea. 

FIBRIOBLASTOS 

Fonte: http://www.icb.usp.br/mol/4-11fibroblasto1.html
ORIGEM
Origem da célula tronco mesenquimal indiferenciada. Pode ser fibroblasto ( grande atividade metabólica; são maiores; bsófilo) e fibrócitos ( pouca atividade metabólicas; célula menor; fusiforme).

MORFOLOGIA
Aspecto basófilo com citoplasma abundante, núcleo ovóide e grande, bastante retículo endoplasmático e aparelho de golgi em desenvolvido.

FUNÇÃO
Tem função estrutural, pois sintetizam colágeno e elastina para produzir fibras e, sintetizam glicosaminoglicanas, proteoglicans e glicoproteínas que farão parte da estrutura proteica da matriz extracelular. Fatores de Crescimento, no qual ela controla a diferenciação celular.

LOCAIS DO CORPO QUE ATUAM
Em todo o Tecido Conjuntivo 

PLAMÓCITOS

Fonte: http://www.icb.usp.br/mol/4-27plasmocito.html
ORIGEM
Derivadas do linfócito tipo B, que quando há um processo de imunização, ela recebe informações para que se diferenciem em plasmócitos.

MORFOLOGIA
Célula grande, aspecto basófilo, rico em retículo endoplasmático, complexo de golgi e centríolos se encontram próximos ao núcleo, núcleo esférico com grumos de cromatina.

FUNÇÃO
Sintetizam imunoglobulinas (anticorpos) para a defesa em reações imunes.

LOCAIS DO CORPO ONDE ATUAM
Pouco numerosos no T.C. e abundantes em locais inflamatórios e em locais com maior risco de penetração de agentes infecciosos.

MASTÓCITOS

Fonte:http://www.icb.usp.br/mol/4-16mastocito1.html
ORIGEM
Originadas de células precursoras hematopoiéticas (mastócitos imaturos), quando atravessam para o tecido conjuntivo se proliferam se diferenciam.

MORFOLOGIA
Célula globosa, grande e citoplasma repleto de grânulos. Núcleo esférico, pequeno e central.

FUNÇÃO
Função de reações imunes com grande papel na inflamação, reações alérgicas e expulsão de parasitas.

LOCAIS ONDE ATUAM
2 tipos.
Mastócito do T.C. está na pele e cavidade peritoneal (gânglios contém substância. Coagulante – heparina). Mastócito da mucosa está na mucosa intestinal e pulmões (gânglios contém substância. Coagulante – condroitim sulfato).





Referências/fonte
JUNQUEIRA, Luis Carlos Uchoa; JUNQUEIRA, José Carneiro. 11. ed. Rio de Janeiro. Guanabara Koogan. 2008.